Que Deus me perdoe por amar demais e não saber direito o que fazer com tanto amor.

Por Mary_Mariana de Oliveira...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Paixonite





Aos quarenta e três anos posso dizer que já me apaixonei algumas vezes.Há esse vírus louco já me pecou de jeito, tal qual uma virose que a gente pega não sabe como e vai embora com o tempo, sem remédio. Mas a dor essa a gente tem que suportar até ficar boa. Podemos chamar essa virose de paixonite aguda, não tem remédio não, então aproveite o lado bom da paixonite até passar, pois um dia isso passa. Ou você esquece ou ela se transforma em amor ai então você esta curada. Há amar esse sim e um sintoma que eu queria sentir. Amar incondicionalmente. Queria deixar essa paixonite aguda de lado e transforma em amor no seu mais pleno significado.
Amar é...
"Amar é sentir na felicidade do outro a sua própria felicidade.(Wilhelm Von Leibnitz)"
Felicidade é...
A maior felicidade é a certeza de sermos amados apesar de ser como somos.(Vitor Hugo)
Quero poder ter a grandeza de amar sem julgar a pessoa amada, aceitar do jeitinho que é sem tirar nem por. Nas dificuldades ajudar nas alegrias compartilhar, em cada segundo amar. Quero não só te amar, quero ir alem de te amar, quero te adorar!
*Por: Mary..




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!

Comente com civilidade!

Postar um comentário