Que Deus me perdoe por amar demais e não saber direito o que fazer com tanto amor.

Por Mary_Mariana de Oliveira...

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

AS VOLTAS DO MUNDO E DO AMOR









No livro Perto do Coração Selvagem, romance de estréia da escritora Clarice Lispector, a personagem Joana, em um determinado momento, sente-se confusa por estar sofrendo por algo que, um dia, a tornou terrivelmente feliz.

Acontece muito. A dor e o prazer alternarem-se em volta do mesmo motivo. Passam-se anos, ou meses, ou horas, e aquilo que nos deu tamanha vontade de viver torna-se a razão de tanta angústia e lágrima. E o mais exaustivo é que este é um fenômeno incompreensível.

Sendo de impossível entendimento, nada pode-se esclarecer aqui, a não ser dizer que, na maioria das vezes, é o amor que provoca tal contradição. O tempo passa e o amor sofre mutações: de ansioso passa a ser calmo, de constante passa a ser inconstante, de onipotente passa a ser falível.

Nós, por outro lado, também mudamos. De carentes a auto-suficientes, de infantis a maduros, de ternos a ríspidos. Somos igualmente poderosos e igualmente fracos. E a metamorfose do ser humano, como a metamorfose do amor, gera pânico: que amor é esse que um dia me faz explodir de alegria e que no outro dia me implode? Que ser é esse que sou, que um dia aceita as contingências de um sentimento mutante e que no outro dia o quer estático, igual como sempre foi?

Há exemplos mais simples. Ele te amou e isso te fez feliz. Ele deixou de te amar e isso te tornou infeliz. Felicidade e dor em alternados momentos e pelo mesmo motivo.

Ela era passiva e caseira, e isso deixou você apaixonado. Ela manteve-se passiva e caseira, e você passou a sonhá-la agitada e independente, e de repente não a quis mais. Ela não mudou, mas você mudou, e o amor acompanhou a mudança.

Não há como parar o tempo, cristalizar o que nos enche de êxtase. Este êxtase um dia se tranformará em algo que nos perfurará feito lâmina. Porque assim é: a terra gira em torno do sol e nós giramos em torno de nós mesmos, sem descanso.
Martha Medeiros

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

DIREITOS DA MULHER





Toda mulher;
tem direito de ser mulher
de amar e ser amada,
de compreender e ser compreendida,
de ser o que quiser na cama
(sem ser censurada),
de ter uma profissão e ser independente,
de ter um homem a sua altura,
de rir ,chorar e gritar (gemer também...),
de ter Orgasmos,
de ter sapatos e chinelos de dedos,
de ser mãe,gerar ou adotar,
de só ficar,
de preliminares ( dormir ao acordar),
de ter vestidos e mini-saias,
de ser artificial ou natural,
de ter um companheiro nas tarefas
( não um patrão que dorme com ela),
de dançar na chuva e embalar no balanço
na companhia de um beijo...
toda mulher tem o direito de ser como quiser,
mas, não tem o direito de perder sua essência 
de divina criatura,mulher...


Autor (a) Desconhecido

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

AMAR É TÃO SIMPLES...

















Teu mundo...
Meu mundo...
Nosso mundo...
E preciso respeitar o teu espaço, o teu tempo, os teus desejos!
E preciso que você faça o mesmo comigo!
Amar-me por completo para depois,
amar-te completamente...
Faça o mesmo!
Cuidar e ser cuidada.
Deixar livre o ser amado,
mas nunca largado.
Lembre-se disso!
Na liberdade de ir e vir,
os braços sempre abertos,
para o abraço mais carinhoso.
Os olhos sempre atentos,
aos cuidados mais urgentes.
Os lábios sempre prontos para
o beijo doce e apaixonado.
É tão simples amar!
Porque as pessoas complicam tanto?

Por Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis_RJ

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

LÁGRIMAS DE FELICIDADE....






De repente ela sentiu...
Uma vontade louca de chorar...
Ela tentou resistir...
Mas as lágrimas teimavam em molhar...
Aquele rosto delicado...
Havia uma dor forte no peito!
E o coração não batia como antes!
Ela não entendia  por que chorava...
Sua vida estava no auge!
Não tinha do que reclamar!
Por que então esta dor?
Por que então chorar?
Ela se perguntava!
E depois de tanto tentar entender...
A resposta veio em uma lágrima...
De felicidade...
Ela havia se apaixonado outra vez ...
E as lágrimas estavam levando embora ...
A dor de um antigo amor...
E abrindo caminho para a felicidade...
De amar outra vez....

Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

NO JOGO DO AMOR...

No jogo do amor
Não jogue um jogo de cartas marcadas
Jogue-se de cabeça num jogo de cartas embaralhadas
E deixe a sorte tomar conta

Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis_RJ


sábado, 31 de agosto de 2013

TENTAÇÃO





Tentação
Tenta direito
Faz bem feito
Vem com calor
Abraça forte
Sem medo
Curta o momento
Entrega-se ao prazer
Que é ter prazer com outra

Tentação...


Por: Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis-RJ

terça-feira, 27 de agosto de 2013

SONHANDO COM MEU SONHO



Perdi o sono
Sonhando com meu sonho
Noite em claro
Clareando os pensamentos
Lá em você
Que faz meu coração bater
Mais forte no ritmo do seu
Acordada permaneço
Sonhando com meu sonho
Parece tão real
Na real queria você aqui
Fazendo do meu sonho
Realidade...

Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

DEIXE-ME SONHAR ACORDADA

Foto da Internet







Envolva-me como um tango
Sedutor
Tentador

Segure-me pela cintura
Leve-me a loucura
Ao som de um bandonéon

Quero você por inteiro
Nos giros
Nas caminhadas
No abraço

Em movimentos
Ligeiros
Firmes
Leve-me ao êxtase
Deixe-me sonhar acordada

Mary_Mariana de Oliveira


Petrópolis –RJ

quarta-feira, 24 de julho de 2013


DESEJO








De repente,
desejei você...
De repente,
desejei tocar
teu corpo por inteiro,
com minhas mãos,
com meus lábios...
De repente,
desejei envolver-te
no meu abraço,
aconchegar-te junto ao meu peito...
De repente,
desejei sussurrar,
palavras de amor ao teu ouvido...
De repente,
desejei fazer amor,
com você...
De repente,
desejei ser correspondida,
no meu desejo...


Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis_RJ

terça-feira, 23 de julho de 2013

DEIXE-ME


Foto Internet



Deixe-me
Neste meu silêncio profundo
Chorar as lágrimas que restaram-me
Deste amor de outrora

Deixe-me
Neste meu silêncio profundo
Lembrar-me do quanto eu era feliz
Por ter com quem sonhar

Deixe-me
Neste meu silêncio profundo
Buscar encontrar-me
Nestas novas emoções

Deixe-me
Neste meu silêncio profundo
Ser verdadeiramente eu
Em busca de um novo amor


Deixe-me
Neste meu silêncio profundo
Chorar lágrimas de felicidade
Pelo presente de um amor presente

Por Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis-RJ





domingo, 23 de junho de 2013

PENSAMENTO A VAGAR











Sopra lá fora um vento gelado
Em noite de inverno
Aqui dentro me encontro
A aquecer-me com uma xícara de café
O pensamento a vagar
Por velhas lembranças
Que vão e vem na minha mente
Como um bailar
O som do vento me faz lembrar
A nossa canção
Que vontade que dá
De dançar com você
A luz do luar
Em noite de lua cheia
Que atiça a minha imaginação
Deixo-me levar pelo desejo
De estar com você em algum lugar
Numa entrega total
Pena ser apenas meu pensamento
A vagar em uma de noite de inverno

Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

O QUE FOI ESCRITO PARA NÓS?






Em noite de lua cheia
Para passar o tempo
Eu conto estrelas no céu
O tempo passa
A saudade não
Tento ler em cada estrela
O que foi escrito para nós
Mas o brilho intenso de cada uma
Ofusca  meu olhar
É tanta beleza na nossa história
Que me perco a sonhar
Com momentos já vividos
Fecho os olhos por um segundo
Foco em seguida na grandiosa lua cheia
Ali fico a admirar e a lembrar
O teu doce olhar...

Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

SÓ ENTRE SE FOR VERDADEIRO...





Abri as portas do meu coração...
Arrumei a bagunça...
Usei de verdade...
Só entre se os sentimentos...
Forem verdadeiros...

Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

quarta-feira, 19 de junho de 2013

QUERO ESSE SENTIR PARA MIM







A dor de não sentir
O sentir do outro
Traz a mim uma angústia
Sem fim, tento entender
Tanto entusiasmo e tanta indiferença
Numa pessoa só
Nesta busca vou me perdendo
No meu sentir
Intenso e entusiasmado
Deixo-me levar pela emoção
E não enxergo a verdade
Meu Deus!
Será pedir muito?
Pedir verdade
Querer cumplicidade
Querer amizade
Querer calor humano
Que mundo é esse que vivemos?
Em que tantos buscam o avesso
Da minha busca
Do prazer por prazer
Do ficar por ficar
Há esse tal relacionamento aberto...
Falsa liberdade!
Liberdade sim!
Essa eu quero
Mas com cumplicidade
Quero um amor livre
Mas não largado
Quero a cumplicidade da troca do sentir na
Mesma sintonia do outro...


Por Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

sábado, 8 de junho de 2013

SENTIMENTOS PROVOCADOS







Uma flor te dou no calor da emoção
Querendo provocar o teu tesão
Despertando sensações táteis
Na tua imaginação
Querendo te levar a sentir um tudo
Dentro de tão pouco


Por Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

UM SONHO A DOIS...






Ontem sonhei
Um sonho a dois
Eu & Você
Entre sorrisos e palavras
Entre gestos e gargalhadas
A poesia se fez
Se fez bela no pensar
Em contigo ficar
Quer namorar comigo?


Por Mary_Mariana de Oliveira...

Petrópolis-RJ

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Perdão Santo Antonio...








Perdão meu santo de devoção...
Por amarar-te de cabeça para baixo...
Por implorar- te um amor...
Por ser apressada e não esperar o milagre
 e me entregar de coração,
 a um amor não correspondido...
Perdoa santinho essa pobre menina apaixonada,
que fez loucuras por amor e até um blog criou
para declamar todo seu amor...
E nesta loucura dançou, para a tristeza superar,
abraçando os amigos, para sozinha não ficar...
Até o dia que dançando para CPI 
Encontrou a felicidade em forma de poesia...


Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis_RJ


CPI ( Confraria da Poesia Informal) Petrópolis...

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Procura-se um namorado para passar o dia dos namorados?







Dia dos namorados chegando, aí você lembra teatro, 

cinema, restaurante, motel, flores, presentes... Aí eu te 

pergunto: cadê o principal?



Por Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis-RJ

domingo, 2 de junho de 2013

POR UM MOMENTO










Queria por um momento...
Ter alguém por um momento...
Alguém a quem esperar...
Alguém pra a casa eu arrumar...
E de flores enfeita-la...
Na sua volta tão esperada....

Mary_Mariana de Oliveira.
Petrópolis_RJ

PERDIDA NESTE JOGO DE AMOR COM VOCÊ...













Pedida neste jogo de amor que
eu e você estamos jogando...
Não encontro as palavras...
Busco a maneira certa de dizer,
como me sinto quando ao teu lado estou...

Ao teu lado sou estrela radiante...
Ao teu lado a felicidade é constante...

Mas quando ao teu lado estou,
falo sem parar de nervoso que me dá
e não falo o que tenho que falar...

Busco o momento certo de falar e
com esse jogo de amor parar....
Mais quando olho nos seus olhos eu
estremeço de prazer...
Prazer que me dá de jogar...
Esse jogo de amor com você...

Por Mary_Mariana de Oliveira

Petrópolis-RJ

sexta-feira, 31 de maio de 2013

UM PEDIDO DE CORAÇÃO









De joelhos, olhar fixo na imagem
do santinho de devoção ...
Santo Antoninho, um pedido de coração,
Faz no calor da emoção!
Traga um namorado,
para este coração solitário,
dividir as emoções...

Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis_RJ

terça-feira, 28 de maio de 2013

Desejo







Em noites de lua cheia...
Onde me esconder?
Dessa coisa chamada desejo...
Que trago dentro do peito...
Que aflige minha alma de tanto querer...
Querer teu corpo junto ao meu...
A gemer de tanto prazer...

Por: Mary_Mariana de Oliveira...

sábado, 25 de maio de 2013

Muito mais colorida...















Uma noite de chuva ao teu lado fica mais colorida!!!

Por Mary_Mariana de Oliveira
Petrópolis-RJ

Um ato de gentileza com segundas intenções...





Queria desenhar um coração no vidro do carro e escrever teu nome nele...
Nesta gentileza de acarinhar-te com este ato

gentilmente você bem podia beijar-me

Por Mary_Mariana de oliveira
Petrópolis -RJ

Em algum lugar









Ela foi embora, vento  gelado,
chuva fina, nada disso importa...
O importante ficou em algum lugar,
á espera da sua volta.

Por Mary_Mariana de Oliveira

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Só com coragem vou saber!!!












Sinto-me querida...
Sinto-me amada...
Quando ao teu lado estou...
Busco coragem...
Ela nunca vem...
Fico triste...
Do que adianta...
Preciso de ti...
Do calor do teu abraço...
Do teu beijo...
Há que gosto será que têm?
Será que vou gostar?
Só com coragem vou saber!!!

Por Mary_Mariana de Oliveira...